Workshop “Bases de Dados para as Ciências Humanas”

O workshop “Bases de Dados para as Ciências Humanas” é uma iniciativa do projecto De Todas as Partes do Mundo: O Património do 5º Duque de Bragança, D. Teodósio I, sediado no Centro de História de Além-Mar (FCSH-UNL/UAç), em colaboração com várias instituições. Esta iniciativa pretende discutir a utilização de bases de dados como ferramenta de trabalho para a investigação histórica, pelo que esperamos que seja do interesse de alunos, investigadores e colegas.

O evento terá lugar no próximo dia 18 de Junho, na Sala Multiusos 3, piso 4, do edifício ID da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (UNL).

A entrada é livre, mas mediante inscrição obrigatória (até 17 de Junho) para o email: teodosio.cham@gmail.com.

Programa:http://atlas.fcsh.unl.pt/docs/workshop_base_de_dados.pdf

O evento reúne vários projectos de investigação onde as bases de dados relacionais foram uma das metodologias usadas. Em alguns desses projectos dei o meu contributo, colaborando com a planificação e concepção da respectiva bases de dados, na maior parte dos casos recorrendo a software open source PostGreSQL. Foi muito curioso e proveitoso interagir com equipas de investigação com enfoques temáticos e cronológicos tão afastados do “meu” século XIX, como sejam os oficiais régios medievais, o património de uma grande casa senhorial da época moderna ou a ligação entre literatura e ambiente na contemporaneidade, entre outros.

A minha comunicação no workshop será sobre a evolução da aplicação de bases de dados à investigação em História e sobre as vantagens e desvantagens da utilização de uma linguagem estruturada para recolher, analisar e disponibilizar informação ambígua, lacunar e imprecisa, como é, na maior parte dos casos, a informação histórica. Depois vai ser muito interessante ouvir experiências dos investigadores que efectivamente trabalharam com essas ferramentas e partilhar ideias com outros projectos que recorreram, ou ainda recorrem, à mesma perspectiva digital sobre as fontes e os problemas históricos.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.